Aprenda como Rankear Bem com a Canonical Tag evitando o Conteúdo Duplicado, visando alcançar as primeiras posições nos mecanismos de busca Agora mesmo!

Encontrada dentro da tag “head”, esta tag indica aos bots dos buscadores qual é a página principal em caso de conteúdo duplicado, fator importante para o rankeamento da página.

Você pode se perguntar o “como o conteúdo duplicado pode interferir no meu page ranking?”. A resposta é a seguinte: os buscadores têm como critério no ranking do resultado de busca o chamado “evergreen content” (conteúdo novo). Caso você copie o conteúdo de uma página na internet você não irá disputar um lugar no ranking do resultado de busca, e é bem capaz que a sua página que contém conteúdo duplicado de terceiros sequer apareça nos resultados de busca, como é mais comum.

resultados omitidos pelo Google

Na imagem acima o Google exibe um alerta informando que algumas páginas foram omitidas nos resultados de busca, e apenas exibe as páginas que copiaram conteúdos se você clicar no link e ele refaz o resultado incluindo as páginas omitidas. Este aviso é exibido na última página dos resultados de busca, que nesse caso, segundo minha busca, foi de número 18. Ao permitir a exibição dos resultados omitidos o número de páginas de resultados de busca saltou para 36.

Voltando ao canonical.. Vamos a estrutura:

<head>
<link rel=”canonical” href=”url-principal.html” />
</head>

Os buscadores podem interpretar páginas duplicadas das seguintes maneiras:

www.scriptcase.com.br
www.scriptcase.com.br/
www.scriptcase.com.br/index.php
scriptcase.com.br
scriptcase.com.br/
scriptcase.com.br/index.php

Cada url acima possui o mesmo conteúdo por referenciar o mesmo arquivo, o “index.php”. Tendo em vista que são vários caminhos (“urls”) que apontam para o mesmo local no seu servidor (o mesmo arquivo “index.php”, podem conferir, os links estão os mesmos), esses vários caminhos são considerados cada um uma página diferente com o mesmo conteúdo, gerando o conteúdo duplicado.
“Mas os buscadores indexariam todas as variações de links só para implicar?”

Bem, vamos supor que algum blogueiro, algum site.. alguém, publique em alguma página web seu link de qualquer uma das maneiras citadas acima. Todos eles obviamente levariam a página do Scriptcase, a questão é que a partir do momento que o Google indexar a página que linkou para o seu site ele irá indexar este link como uma nova página com o mesmo conteúdo da sua, mesmo estando no mesmo domínio ele consideraria conteúdo duplicado.

E não só isso, os parâmetros utilizados numa compra ou busca por exemplo, podem gerar conteúdo duplicado. Temos como exemplo uma seção que possua uma variável:

www.scriptcase.com.br/comprar.php?compraragora=45451211ckt122
www.scriptcase.com.br/comprar.php?compraragora=14787874ckt123

Esta seção tem um link principal e recebe parâmetros de programação que podem ser necessários para identificar o usuário, guardar em que ponto da transação ele está, se já está no checkout.. Então para evitar o conteúdo duplicado devemos pôr o canonical tag desta forma:

<head>
<link rel=”canonical” href=”www.scriptcase.com.br/comprar.php” />
</head>
Pois todas as páginas levariam consigo a canonical tag indicando o link principal como “www.scriptcase.com.br/comprar.php”.

Outro exemplo pode ser encontrado num ecommerce em uma pesquisa por celular de cores diferentes, onde independente da cor o resultado da pesquisa mostrasse as mesmas informações, variando apenas a informação das cores:

www.meuecommerce.com.br/produto.php?=celular&amarelo
www.meuecommerce.com.br/produto.php?=celular&vermelho

Logo a canonical tag deve ser:

<head>
<link rel=”canonical” href=”http://www.meuecommerce.com.br/produto.php?=celular” />
</head>

Outras maneiras de indicar ao buscador a versão principal da página com o conteúdo podem ser:

  • Linkar seu site internamente de maneira consistente, sempre fornecendo o mesmo link (com precisamente os mesmo caracteres) para levar a seção.
  • O sitemap.xml que indica em um arquivo quais são todos os links do seu site, logo os robos levariam em conta o link que aqui está listado.
    Diferenças entre Redirecionamento 301 e Canonical tag

O redirecionamento 301 é diferente da canonical tag pois ele força o navegador a redirecionar uma página para outra, levando consigo todos os méritos quanto ao rankeamento da mesma. A canonical tag apenas transfere os méritos para a página indicada como principal, ela não redireciona.

 

Com um melhor lugar no ranking dos buscadores seu produto fica mais próximo do seu cliente, por isso SEO é indispensável para qualquer pessoa que queira fazer negócios online, principalmente desenvolvedores que vendem softwares por meio da web. Conheça o Scriptcase9 e aprenda como desenvolver programas em PHP de modo mais rápido a partir do modelo de desenvolvimento de software iterativo e incremental que enfatiza um cliclo de desenvolvimento curto (RAD).

Você pode gostar de…

Criando um Site Gerenciável com Habemus e Scriptcase – Parte I

Criando um site gerenciável com Habemus e Scriptcase. Hoje iremos tirar o site do Habemus colocar n...

Ferramenta para criação ágil de sites – Habemus

Você procura uma Ferramenta para Criação Ágil de Sites e Projetos Web? Em fase Beta a Habemus po...

Motores de Busca do Google – Como Funcionam e Pilares

Conheça como Funcionam os Motores de Busca do Google, o Sistema de Classificação de Páginas e se...

Comente este post

Receba novos posts, ofertas e muito mais toda semana.